menu

CRF-SP lança o XX Congresso Farmacêutico de São Paulo

CRF-SP lança o XX Congresso Farmacêutico de São Paulo

São Paulo, 26 de junho de 2018

Na terça-feira, 26/06, o CRF-SP apresentou às empresas, entidades parceiras, farmacêuticos e autoridades, a 20ª edição do Congresso Farmacêutico de São Paulo, evento tradicional e reconhecido como um dos mais importantes da área no país. E os participantes tiveram acesso à algumas das novidades que estarão presentes de 10 a 12 de outubro de 2019, no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital, mesmo local do lançamento. Com o tema Inovação em Produtos e Serviços Farmacêuticos, o Congresso reunirá 14 segmentos da Farmácia de forma a contemplar âmbito de atuação de todos os profissionais. Paralelo ao XX Congresso acontece também o XII Seminário Internacional de Ciências Farmacêuticas, que reunirá nomes expressivos em todo o mundo e a Expofar 2019, uma feira de negócios com estandes de produtos e serviços inovadores que propicia aos congressistas a interação com empresas de ponta, além de terem acesso aos lançamentos do setor.

 

 

Dr. Leoberto da Costa Tavares, presidente da Comissão executiva e Dra. Margarete Kishi, conselheira federal

Dr. Leoberto da Costa Tavares, presidente da Comissão executiva e Dra. Margarete Kishi, conselheira federal

Um congresso diferenciado e que conta com nomes de ponta como o do presidente da Comissão executiva do XX Congresso Farmacêutico de São Paulo, o Prof. Dr. Leoberto Costa Tavares que ressaltou que esse será um congresso diferenciado, muito mais focado no farmacêutico e apesar de não deixar de ter um aspecto científico, terá como pilar atender a necessidade do farmacêutico no seu dia a dia, propiciar que o farmacêutico saia do congresso com uma pequena formação na área que ele buscar e que ele possa aplicar isso já no dia seguinte no seu ambiente de trabalho. “Esse é um momento muito importante, como farmacêuticos estamos vivendo uma mudança de paradigma, a nossa profissão hoje é mais ampla com poder decisório muito mais ampliado, novas áreas de atuação como a farmácia clínica que hoje entendemos como uma das principais, a farmácia estética, a vacinação e outros serviços. O farmacêutico está investindo na prescrição farmacêutica, aproximadamente entre 70 e 75% dos medicamentos são isentos de prescrição médica, mas não da prescrição farmacêutica, precisamos nos aprofundar nesse segmento, fazer com que a população reconheça o trabalho do farmacêutico como um agente de saúde e que a prescrição do farmacêutico também seja respeitada”.

Dr. Leoberto da Costa Tavares, presidente da Comissão executiva e Dra. Margarete Kishi, conselheira federal

Diretores do CRF-SP e membros das comissões organizadoras do Congresso

Já a Dra. Suely Vilela, ex-reitora da Universidade de São Paulo, assumiu presidência da Comissão Científica e ao lado de profissionais de renome e conhecidos pela experiência e competência darão vida e farão acontecer o XX Congresso Farmacêutico de São Paulo. “Esse Congresso se notabiliza por ser um espaço de discussão nas mais variadas áreas de atuação, nos propusemos a aproximar o profissional das conquistas e avanços da categoria. Muito me honra esse desafio que está sendo enfrentado com propriedade porque tenho ao meu lado membros qualificados que compõem a Comissão”.

Dr. Marcos Machado, presidente do CRF-SP e Dra. Suely Vilela, presidente da Comissão Científica

O deputado federal Orlando Silva ao lado da diretoria do CRF-SP e a vereadora Edir Sales ao lado do presidente, Dr.Marcos Machado

Com a expectativa de reunir 5 mil congressistas em 2019, o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado, falou sobre estar à frente do CRF-SP na vigésima edição de um dos principais eventos da categoria. “São 20 anos de congresso e estar à frente nesse momento é gratificante e ao mesmo tempo um desafio, nada pode dar errado, mas eu conto com uma diretoria que felizmente é muito empenhada para fazer com que isso dê certo, por isso estou muito tranquilo e vamos conseguir”. Dr. Marcos destacou ainda os principais objetivos do evento. “O congresso vem em busca de qualidade de trabalho, que os colegas venham se capacitar e buscar condições melhores de exercer a profissão e com isso ganhem destaque na sociedade. Temos esse papel, não queremos apenas quantidade de farmacêuticos na área, mas garantir a qualidade de formação para eles”.

Além de Dr. Marcos, os demais diretores que também compõem comissões técnicas que estão elaborando o Congresso, Dr. Antonio Geraldo dos Santos, vice-presidente, Dra. Luciana Canetto, secretária-geral e dra. Danyelle Marini, diretora-tesoureira se mostraram empenhados e confiantes no trabalho que será apresentado aos farmacêuticos no próximo ano.
Ao todo serão 14 áreas abrangidas e que serão contempladas durante o congresso por meio de palestras, seminários, workshops e muito mais. São elas Fármacos e medicamentos; Indústria Farmacêutica e de Alimentos; Logística e Transporte; Saúde Pública; Educação Farmacêutica; Radiofármacos; Suplementos alimentares e alimentos especiais; Farmácia Clínica; Análises Clínicas e Toxicológicas; Práticas integrativas e complementares; Farmácia Hospitalar; Farmácia Estética e Cosmetologia; Farmácia magistral e Farmácia e drogaria: gestão e serviços farmacêuticos.

Outra novidade será a apresentação de cases de profissionais de sucesso para que todos conheçam as iniciativas que deram certo no dia a dia do farmacêutico e que sirvam de incentivo e experiência aos demais profissionais.

O lançamento foi prestigiado por autoridades como o deputado federal Orlando Silva, a vereadora de São Paulo, Edir Sales e o vereador de Santana de Parnaíba, que também é farmacêutico, Kadu da Farmácia. Para o deputado Orlando Silva que tem se aproximado das questões farmacêuticas, inclusive se posicionando contra a graduação em formato Ead na área da saúde, a Farmácia é um setor que impacta muito forte na saúde pública e se mostrou muito feliz por participar do lançamento. “Na área de saúde é necessário ter uma regulação, uma ação mais forte do estado para permitir que a formação de profissionais garanta a oferta de serviços de qualidade. Propus uma ação direta de inconstitucionalidade questionando o decreto que regulamenta o ensino a distância área de saúde e também um projeto de lei no legislativo que susta essas regras”.Acompanhem o portal e as redes sociais do CRF-SP para conhecer as novidades e saber tudo que irá acontecer em 2019.

Thais Noronha

Departamento de Comunicação CRF-SP